7 minutos Há uma série de formas de investir no mercado de ações, mas a minha favorita é nos chamados Fundos de Índice. Os Fundos de Índice ou ETF (Exchange Traded Funds), são simplesmente fundos de investimento negociados diretamente na Bolsa de Valores. O ETF busca imitar determinado índice do mercado. Isso significa que ao investir em um ETF você está investindo, ao mesmo tempo, em uma carteira de ações de diferentes empresas, mas por uma fração do custo que você teria ao investir individualmente em cada empresa. É Continue

6 minutos Quando falamos de investimento existem duas abordagens diferentes: a ativa e a passiva. Os investidores ativos são aqueles que usam suas habilidades para tentar vencer no mercado. Alguns fazem isso investindo em empresas que acham que têm fortes perspectivas de crescimento no longo prazo. Outros tentam fazê-lo através das altas e baixas do mercado, tentando entrar e sair no momento certo. Infelizmente para a maioria das pessoas o investimento ativo não é viável. Se elas investissem passivamente teriam resultados muito melhores. O problema Continue

5 minutos A maioria das pessoas que se denominam investidores são, na verdade especuladores que encaram o mercado financeiro mais como um grande jogo do que como um método viável e sensato de obter remuneração para o seu dinheiro. O resultado é que a maioria dos investidores acaba perdendo dinheiro e fica relutante em voltar a investir. Para que isso não ocorra o investidor precisa encontrar uma estratégia de investimentos eficiente e segura. Dentre as diversas estratégias existentes para diversificar seus investimentos a alocação de ativos é Continue

3 minutos Conseguir obter uma rentabilidade acima do Índice Bovespa (média do mercado) não parece ser uma tarefa fácil, não é mesmo? Até porque para maioria das pessoas não consegue obter um retorno que supere esse índice, certo? Bem, a história não é bem essa. Obter um retorno acima da média em investimentos é relativamente fácil, acontece que nós costumamos complicar as coisas. Vou explicar melhor essa afirmação através de um exemplo. Eu pergunto: quantas classes de ativos você tem na sua carteira (como Continue

4 minutos Este artigo é sobre eBook Alocação de Ativos escrito pelo investidor Henrique Carvalho, que é atualmente um dos maiores especialistas em diversificação de investimentos do país. Este livro digital é um dos poucos materiais sobre a técnica de alocação de ativos disponíveis em português, mas será que ele vale a pena? Confira a seguir a minha resenha do produto. O livro trata do tema da alocação de ativos com uma ótima abordagem teórica, mas demonstra também como a alocação de ativos diminui os riscos Continue

3 minutos Uma dúvida comum dos investidores iniciantes é diferença entre a renda fixa e a renda variável. Os investimentos costumam ser divididos nesses dois grandes grupos. Neste artigo veremos a diferença entre esses dois grupos e exemplos de investimentos para cada um deles. Renda Fixa É o tipo de investimento cuja remuneração ou sua forma de cálculo é conhecida no momento da aplicação. Os investimentos de renda fixa são, portanto, menos arriscados e recomendados para os investidores de perfil conservador. Em geral os ativos de Continue

1 minuto Algo essencial que você deve saber para começar a investir é conhecer o seu perfil de investidor, ou seja, o seu grau de tolerância ao risco. O seu perfil pode variar de acordo com fatores como: idade, renda, endividamento e uma série de outras variáveis. As corretoras costumam classificar os investidores em três perfis: conservador, moderado e dinâmico ou agressivo. Investidor Conservador O investidor conservador preza pela segurança quando escolhe seus investimentos. Esse investidor costuma ter uma grande parcela de sua carteira Continue