Como Investir em Dólar (Sem Correr Riscos)

Tempo de leitura: 6 minutos

O Dólar, juntamente com outras moedas estrangeiras como o Euro, pode ser uma ótima forma de proteger o seu poder de compra em épocas de alta inflação. Em 2015 o Dólar foi considerado o melhor investimento do ano, com uma alta de 48,49%, mas será que vale mesmo a pena investir em Dólar? Por isto decidi escrever este artigo, no qual irei esclarecer esta e outras dúvidas ao longo dos próximos parágrafos.

Quem Deve Investir em Dólar

A primeira coisa que deve ficar clara é que moedas são ativos de renda variável. Ou seja, assim como no mercado de ações o investidor não tem garantia nenhuma de obter um retorno. Na verdade, as moedas costumam oscilar muito mais do que ações negociadas na bolsa de valores.

Mas apesar de ser de alto risco o investimento em dólar tem suas vantagens, principalmente em momentos de crises econômicas, como o que vivemos atualmente. Nesses momentos a moeda norte-americana costuma apresentar uma valorização porque os investidores estrangeiros retiram o dólar e outras moedas estrangeiras do país e migram seus investimentos para países considerados mais seguros. Dessa forma, há uma menor oferta de dólares no Brasil e o preço da moeda aqui sobre.

Devido ao seu risco o dólar não pode ser considerado de fato uma forma segura de investimento. Sua função, portanto, deve ser a de diminuir o risco (volatilidade) da carteira de investimentos, protegendo-a contra uma alta no preço do dólar, em outras palavras, o dólar deve ser usado para fazer hedge.

Vale ressaltar que são poucos são os investidores que conseguem obter lucros significativos no mercado cambial, sendo necessária a utilização de estratégias de análise técnica para conseguir resultados minimamente satisfatórios, porém não garantidos.

Enfim, minha recomendação é que você invista em dólar apenas como forma de proteger sua carteira de investimentos, sem ter expectativas de obter lucros extraordinários com ele. Dessa forma, recomendo investir em Dólar apenas se você tiver um montante de cerca de 25 mil reais distribuídos entre ativos de Renda Fixa e Renda Variável, mantendo no máximo 20% dos seus recursos alocados em dólar. Dito isso vamos dar uma olhada em algumas formas de investir em dólar.

Como Investir em Dólar?

Existem diversas formas de investir em Dólar. A seguir estarei apresentado as mais comuns, juntamente com suas principais vantagens e desvantagens.

Papel Moeda

Papel Moeda

A primeira (e mais óbvia) forma de investir em Dólar é comprar a moeda em espécie. Contudo, essa opção não é indicada para quem quer comprar dólar como forma de investimento. Ao comprar Dólar nas casas de câmbio você terá que pagar taxas, spread e IOF; de modo que a compra ficará bastante cara. Além disso, há também o perigo de guardar esse dinheiro em casa, seja ele o risco de ser roubado ou o risco de deterioração do papel-moeda.

A compra de papel-moeda é indicada apenas para quem pretende viajar para o exterior ou quer comprar algum produto importado. Para investir em Dólar existem outras opções melhores, como comprar ações de empresas exportadoras, por exemplo.

Ações de Empresas Exportadoras

Ações de Exportadoras

Também é possível ganhar indiretamente com o dólar adquirindo ações de empresa que operam no mercado internacional. Grandes empresas exportadoras têm aumentos em suas receitas e lucros quando o dólar se valoriza, e vice-versa. Isso porque elas recebem suas receitas em Dólar e pagam as suas despesas em Real. Dessa forma elas “ganham” Reais quando o Dólar aumenta, e “perdem” Reais quando o Dólar diminui.

Alguns exemplos de empresas deste tipo listadas na Bovespa são Usiminas, Fibria, Suzano, Braskem, Gerdau, Embraer e Companhia Siderúrgica Nacional. Uma outra maneira de investir em Dólar é através dos fundos cambiais.

Fundos Cambiais

Fundos Cambiais

Os fundos Cambiais são a forma mais simples de diversificar sua carteira de investimentos para proteção do seu patrimônio. Eles são fundos de investimentos que tem pelo menos 80% dos seus recursos diretamente relacionados a variação de preços de moedas estrangeiras, sendo que o restante dos recursos é aplicado em títulos e operações de Renda Fixa.

É preciso ficar atento nesse caso pois esses fundos não investem necessariamente apenas em Dólar, podendo incluir outras moedas estrangeiras, de modo que a rentabilidade do fundo não seja exatamente a mesma do Dólar. Vale lembrar que também há a cobrança de Imposto de Renda nos fundos de investimento, seguindo a mesma tabela utilizada para investimentos de Renda Fixa, além da taxa de administração do fundo.

Os fundos cambias são uma das formas melhores formas de investir em Dólar, pois são fáceis e simples, contudo existem outras alternativas eficientes, como os contratos futuros.

Contratos Futuros

Contratos Futuros

Outra forma de investir no dólar é através do mercado futuro, comprando minicontratos cambiais, os chamados “Mini Dólar”. Os minicontratos permitem que você aposte na cotação futura da moeda, de modo que há a possibilidade de ela se valorizar ou desvalorizar no período de duração do contrato.

Os contratos futuros podem ser resgatados a qualquer momento, ou seja, é possível inclusive fazer day-trade. A tributação nesse caso é a mesma da renda variável, ou seja, menor do que a dos fundos cambiais, que segue a tributação da renda fixa. Uma forma alternativa de investir em dólar e operar no mercado de Forex.

Mercado de Forex

Comprar Dólar Diretamente (Forex)

É possível também negociar com Dólar nos mercados de câmbio, também chamados de Forex (Foreign Exchange Market). O Forex permite que em questão de minutos seus participantes tenham altos ganhos ou perdas enormes. Isso porque as cotações das moedas são altamente voláteis, sendo necessário para isso o conhecimento de certas estratégias de investimento.

Conclusão

Apesar do Dólar permitir altos ganhos ele é um ativo de risco e, portanto, para a maioria dos investidores ele deve representar uma parcela mínima da carteira de investimentos. Para esses investidores, diferentemente de outras formas de investimentos, os fundos cambiais são a melhor opção para proteger a carteira de investimentos a médio e longo prazo.

Já investidores experientes podem obter lucros significativos através da compra de contratos futuros e operação no mercado de Forex. Espero que tenha gostado do artigo e não deixe de perguntar aqui embaixo nos comentários caso tenha ficado com alguma dúvida.

 (crédito das imagens: shutterstock.com)